segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Bolo de Natal com Café e Cachaça

A receita é bem legal, não conhecia e ainda não testei, quero fazer no final de semana com bastante tempo. Mas fica a dica a aparência é gostosa! A receita achei no site G1.
Para conhecer a receita clique aqui.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

TPM Como lidar com isso?!!









Acho que um dos dilemas mais curiosos é o da TPM, quando saber que estamos na famosa Tensão Pré Menstrual? Tudo bem que é o sentimento que antecipa a menstruação, a qual Deus nos presenteou para dar a luz!  Mas, hoje nos dias atuais, que tudo é Tensão, cobrança, estress, correria, e por ai vai! Ai ai ai, acho que eu hoje estou na TPM, (na ou de também não sei! Rsrs) meu Deus como é difícil!!! Até pra escrever. Não consigo me comunicar com meu Ex-ex-namorado (atual novamente terminamos dia 21 e voltamos dia 22) sem brigar, gente como é difícil eu até tento meio que controlar mas puxa, como é difícil, não sei como amenizar a raiva que eu sinto e a vontade de brigar o tempo todo, as vezes consigo cair na real, as vezes é tarde e a besteira já foi feita. E quando dá vontade de chorar?!! O que eu faço? Quero uma ajuda de quem estiver passando pelo blog, deixe comentários talvés possa ajudar, aliás estou pedindo ajuda!!! Porque agora sim sei que tenho uma TPM muito "braba".
Li alguns artigos sobre o assunto...E fui em busca de saber mais e entender melhor...O que é a TPM.
 
Sensação de que o mundo vai acabar (purrissíma verdade) antes da menstruação... Você também sente isso?
Conhecida como Síndrome disfórica pré-menstrual, ou TPM, atinge aproximadamente 75% das mulheres. No entanto, apenas 8% das mulheres têm sintomas muito intensos (eu estou entre essas 8% e meu namorado não entende!) .

Caractéristicas e Sintomas.
Durante o período que antecede a menstruação, a mulher pode sentir alguns desconfortos que caracterizam a tensão pré-menstrual:
•    depressão; (sinto)
•    vontade de chorar; (muita)
•    fome em excesso ou falta de apetite; (durante todo o dia)
•    falta de sono; (sempre)
•    inchaços; (ixi)
•    agressividade; (ahahah imaginem nada!!! Rsrs)
•    ansiedade; (oh si como)
•    dor de cabeça; (sempre, sempre)
•    acne. (aparecem uma ou duas)

Causas da TPM
Muitas hipóteses têm sido feitas a respeito das causas dessa doença, mas, atualmente, o que parece prevalecer é que sejam influências hormonais normais do ciclo menstrual que interfiram no sistema nervoso central.
Parece haver íntima relação entre os hormônios sexuais femininos, as endorfinas (substâncias naturais ligadas à sensação de prazer) e os neurotransmissores, tais como a serotonina.
É importante ressaltar que essa síndrome acompanha a menstruação normal da mulher.

Garotas peguem a caneta!!! Os namorados também!
Como aliviar anotem as dicas!
•    realize atividades que proporcionem bem-estar, como passear no parque;
•    faça uma atividade física. Pode ser uma caminhada ao ar livre, andar de bicicleta, nadar ou jogar tênis. Isso ajuda a reduzir a tensão e a melhorar a autoestima;
•    evite agendar compromissos importantes para os dias que antecedem a sua menstruação;
•    procure se arrumar, mesmo que você não vá sair de casa, isso também ajuda a elevar a sua autoestima;
•    afaste os pensamentos negativos, seja otimista e mentalize coisas boas;
•    procure fazer uma alimentação balanceada com verduras, frutas e legumes;
•    diminua o sal, ele ajuda a desencadear os inchaços, pois contribui na retenção de líquidos.

Essa dica é minha! Leia um bom livro, e se esconda debaixo das cobertas se tiver frio, se tiver calor arruma um lençol bem fininho e vá assistir filmes, dê preferência comédias!

O que há de novo para TPM
O melhor caminho para o tratamento da TPM é consultar um médico ginecologista.
O ginecologista é o clínico da mulher e, portanto, a pessoa mais indicada para recomendar o melhor tratamento que se adapte às particularidades de cada mulher.

Sintomas da TPM
Leia aqui os sintomas da TPM:
  • depressão, sentimento de desesperança, pensamentos autodepreciativos;
  • ansiedade, tensão, nervosismo, excitação;
  • fraqueza afetiva, tristeza repentina, choro fácil, sentimento de rejeição;
  • raiva ou irritabilidade persistente, aumento dos conflitos interpessoais;
  • diminuição do interesse pelas atividades habituais;
  • sensação de dificuldade de concentração;
  • cansaço, fadiga fácil, falta de energia;
  • acentuada alteração do apetite;
  • distúrbios do sono;
  • sensação de estar fora do próprio controle;
  • inchaço e/ou sensibilidade mamária aumentada;
  • dor de cabeça;
  • dores musculares;
  • ganho de peso ou sensação de inchaço. 
No entanto, para ser considerada doença, e, portanto, sujeita a tratamento, é importante que esses sintomas de fato interfiram nas atividades habituais da mulher e que ocorram na fase pré-menstrual, e não em todo o ciclo.

Tratamento da TPM

Por se tratar de uma síndrome, não existem tratamentos específicos, já que os sintomas variam muito de intensidade para cada mulher. Entretanto, há medidas que aliviam os sintomas.

Resultados não cientificamente comprovados mostram que a vitamina B6 (piridoxina), a vitamina E, o cálcio e o magnésio podem ser usados com melhora dos sintomas.

Outro medicamento é o ácido gama linoleico, que é um ácido graxo essencial. Pode ser encontrado no óleo de prímula. Existem advertências sérias do FDA americano (Órgão Regulatório dos Estados Unidos) a respeito de medicações alternativas naturais e de possíveis efeitos colaterais graves, portanto, esse, como qualquer outro medicamento, mesmo "natural", só deve ser usado mediante prescrição médica.

Na verdade, esse é o melhor caminho para o tratamento da TPM: consultar um médico ginecologista e descrever para ele todos os sintomas que a mulher sente antes e depois da menstruação.

O melhor medicamento é o que, sozinho ou associado, reduza os sintomas. Como essa síndrome está ligada à ovulação, muitas mulheres podem se beneficiar do uso da pílula anticoncepcional que suspende a ovulação. Nos Estados Unidos, a FDA aprovou a pílula com drospirenona e etinilestradiol, para mulheres que têm sintomas de TPM e desejam anticoncepção hormonal.

Já nos casos graves de síndrome disfórica pré-menstrual, é necessária medicação mais específica, sendo que a medicação usada com melhores resultados são os antidepressivos. Estudos recentes mostram que essa medicação usada na menor dose possível e durante a fase de tensão pré-menstrual tem melhorado muito a qualidade de vida das mulheres que experimentam essa disfunção. Também nesses casos a pílula anticoncepcional com drospirenona e etinilestradiol pode ser usada.

 Outras pesquisas:



 


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Que Presentão de Natal

Aí vai uma super dica pra quem gosta de concursos...A Assoalhos Monet (para conhecer e só clicar) está promovendo um Power Concurso Esse Notebook é Meu.

Quem Pode Participar?
1.  Poderá participar da promoção qualquer pessoa física, residente e domiciliada no território brasileiro.
2. É vedada a participação de pessoas jurídicas de qualquer natureza, bem como de funcionários, prestadores de serviços e/ou sócios da empresa idealizadora da promoção (Assoalhos Monet) e da agência BGK Group (organizadora).
É super fácil, cada pessoa que estiver participando vai receber um link, (http://bit.ly/h04Z8b) esse é o meu, e quem divulgá-lo melhor ganha! Divulgue como puder, quem receber mais cliques de IP diferente ganha...Quanto mais divulgar melhor!
Legal né?!! Então galera não perca tempo e divulguem...a promoção é válida para pessoas físicas, em todo o território nacional, no período de 10/12/2010 a 17/01/2011, ainda dá tempo de participar!



Eu quero ganhar!!! Imagina que presente legal de Natal!




quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Escondidinho de Abóbora com Carne Moída

Para quem gosta de abóbora aí vai uma super receita, meu filho adora abóbora, então procuro sempre variar na oferta...rsrsrs. Essa é um escondidinho e você pode variar na carne. Vale usar a imaginação, substitua uma das camadas de purê de abóbora por purê de batatas, use o que tiver na geladeira, tem um pouquinho de cenoura, cozinhe junto com a carne, sobrou beterraba cozida, acrescente à carne. E assim vai. Toda vez que eu faço, dou uma mudada na receita.


*Ingredientes


1kg de carne moída
1 abóbora cabotia
450g de requeijão (copo)
1/2 cebola
3 dente de alho amassado
Pimenta moída branca
3 Dentes de Alho amassados
Nóz Moscada ralada a gosto
Sal a gosto
Óleo


*Modo de Preparar


Corte a abóbora em cubinhos sem casca e cozinhe com um caldo Knorr sabor carne, cebola bem picadinha e 1 alho amassado, deixe cozinhar até a água do caldo quase secar.
Enquanto isso refogue a carne em uma panela com 2 alhos amassados, cebola e um fio de óleo, deixe dourar bem, acrescente uma pitada de pimenta branca moída, noz moscada ralada a gosto, e meia lata de Pomarola, reserve.
Depois da abóbora cozida bem molinha, amasse com o garfo formando um purê, amasse quente e acrescente uma colher rasa de manteiga e o caldo que ficou na panela do cozimento da abóbora.


*Montagem


1ª camada - Purê de abóbora
2ª Camada - Carne Moída
3ª Camada - Requeijão
4ª Camada - Purê de abóbora


Salpique por cima da última camada queijo ralado e leve ao forno em fogo baixo para dourar.


Dica:


1ª Pode acrescentar o requeijão ao purê.
2ª Cozinhe a abóbora em cubos grandes e aproveite a casca para fazer uma salada. E só retirar a casca e cortar em pedacinhos pequenos, fica uma delícia com tomates cereja, alface, ricota e hortelã, tempere com sal e azeite se preferir (eu não uso sal na salada).
3ª Sirva com arroz branco, e a saladinha de entrada.


 Ps: Esta receita está participando do concurso no Site: Bolsa de Mulher. Por favor quem puder votar!!! 








Receitas do Bolsa


quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Rabanada!!! Pro Natal

Bem, em épocas festivas todo mundo sabe que temos inúmeras receitas pra aprender e procurar, eu não fiz diferente e fui em busca de algumas. Mas sei que tem uma que com certeza não falta na mesa, eu vou passar a receita é super fácil mamão com açúcar!!! Aliás...RABANADA!!!


*INGREDIENTES


  • 6 pães amanhecidos
  •  3 ovos
  • 1 lata de leite condensado
  • a mesma medida de leite
  • óleo pra fritar
  • açúcar e canela 

*MODO DE FAZER (Rabanada Frita)
Corte os pães em fatias grossas e reserve. Numa tigela misture o leite condensado com o leite na medida da latinha do leite condensado, mergulhe as fatias de pão na mistura tire com uma escumadeira e deixe escorrer um pouco, com cuidado para não desmanchar o pão por isso não devem estar muito finas. Bata os ovos e passe o pão dos dois lados e coloque para fritar em óleo bem quente até dourar. Deixe escorrer o óleo num papel toalha e passe no açúcar com canela a seu gosto (eu adoro com bastante canela!! rsrs). Sirva quente ou frio.

*MODO DE FAZER (Rabanada Assada)
A rabanada assada que é uma opção valida também, é muito simples, os mesmo ingredientes. Bata tudo junto inclusive os ovos só deixe de fora o açúcar e a canela. Depois todo o processo de passar as fatias na mistura, coloque os numa forma untada com manteiga. Depois da forma montada com as rabanadas é só polvilhar o açúcar e a canela e deixe por mais ou menos 30 minutos no forno.


Dicas:


1ª Vi várias receitas substituindo o leite pelo leite de coco, vale também, 1 vidro de leite de coco ou em vez de substituir acrescentar o leite de coco a mistura.
2ª Frite poucas rabanadas por vez, não coloque muitas, fazendo isso diminuirá a temperatura do óleo e encharcará suas rabanadas.
3ª Também vale variar na receita assada, jogue por cima antes do açúcar com canela, a mistura do leite com leite de coco, leite condensado e coco ralado (Obs. sem exageros!).
4ª Faça uma calda para servir junto a que preferir.
5ª Em vez de bater os ovos, bata a clara em neve separada e acrescente a mistura do leite, leite condensado... dá para fazer nas duas versões.
6ª Salpique as rabanadas com amendoim, castanha, amendoas, nozes, trituradas antes de levar ao forno.
7ª Quando for untar a forma você pode salpicar açúcar antes de colocar as rabanadas.
8ª Quando for servir enfeite as rabanadas com frutas frescas.
9ª Use manteiga sem sal.
10ª Bata na mistura do leite, leite condensado... uvas passas.