quarta-feira, 4 de maio de 2011

SEROTONINA

Oi pessoal da cozinha, 

Eu não sabia mas nada que uma passeada atoa na internet para descubrir e "dar uma de investigadora" (risos) pois é, eu não sabia que existiam alimentos que te deixavam mais feliz, é claro que tirando o chocolate que além de feliz te deixa apaixonada!!! Pesquisava sobre Gastronomia e entrei por acaso num site de um shopping que tinha algo sobre o assunto e resolvi entrar para saber o que tinha a cerca do assunto.
Vi alguns posters e muito me chamou a atenção um que dizia;  10 alimentos que te deixam mais feliz por Azê Marketing, no geral sabemos que comer te da uma sensação de bem-estar, mas especialistas dizem que existe um grupo de alimentos que potencializa esta sensação. Alguns alimentos proporciona uma liberação maior da SEROTONINA. (A serotonina é um neurotransmissor, isto é, uma molécula envolvida na comunicação entre neurônios. Ela é quimicamente representada pela 5-hidroxitriptamina (5-HT), sendo também frequentemente designada por este nome.
Esta comunicação é fundamental para a percepção e avaliação do meio e para a capacidade de resposta aos estímulos ambientais. Diferentes receptores detectam este neurotransmissor, envolvido em várias patologias.
A serotonina parece ter funções diversas, como o controle da liberação de alguns hormônios e a regulação do ritmo circadiano, do sono e do apetite.) Wikipédia.
"Sem serotonina, o organismo fica suscetível a males como depressão, irritabilidade, insônia, ansiedade, mau-humor e aumento exagerado da fome. A serotonina também é considerada anorexígena, substância que diminui a compulsividade e a fome." de acordo com o post que vocês poderão acessar clicando aqui.
Pois é meu povo, vivendo e descubrindo, visitem o site eu achei interessante, alias tudo que diz respeito a alimentação e saúde é importante.
Espero que tenham gostado.
Beijos até mais.

Ps.: Estou preparando um post sobre uma oficina de gastronômia que teve na UnB a pouco tempo sobre culinária italiana, que fez parte de um evento maravilhoso chamado "I Semanas Latinas 2011" e teve muito apoio de chefs importantes e experiêntes.